Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 24 de junho de 2017

Um missionário chamado David Livinstone

Os milhões de brasileiros que grudam os olhos na televisão para acompanhar filmes de ação - exibidos com sucesso estrondoso - talvez nem imaginem que aventuras também acontecem quase todos os dias, na vida real, em várias partes do mundo, inclusive no Brasil. São pessoas debaixo do sol, dormem ao relento, morrem de saudades de casa, mas suportam tudo com bom ânimo para fazer a obra de Deus. Tudo isso sem a expectativa de recompensa material, mas pela alegria de ver almas salvas do inferno e desejando receber o galardão espiritual, uma retribuição que só será recebida no céu.

Não é difícil encontrar pelas igrejas evangélicas quem sonhe, desde criancinha, em viver no limite, enfrentando o desafio de ser missionário na África ou no coração da Amazônia, pregando para uma tribo que nunca ouviu  falar em Jesus Cristo, até ser contado entre outros heróis da fé. Alguns, porém, nãose conformam com o devaneio, e resolvem radicalizar de vez. Para estes, não há mosquito, malária, floresta, bicho ou solidão que possa impedir a caminhada. Como David Livinstone que viveu 30 anos de aventura e evangelismo na África.

Poucos missionários levaram sua vida tão no limite quanto o médico, pastor e explorador escocês David Livingstone (1813-1873). Desbravador da África, sua biografia é uma mistura de fé, coragem e aventura. Livingstone evangelizou tribos que nunca haviam visto um homem branco, combateu a escravidão e descreveu, em seus diário de viagens, regiões até então desconhecidas, como o curso do rio Zambeze e as magníficas cataratas Vitória. Coube-lhe também a façanha de atravessar a áfrica da Costa Atlântica ao índico, acompanhado de poucos carregadores nativos e provisões escassas.

Embrenhado na sela. Livingstone contraiu malária, tifo, verminoses e teve incontáveis acessos de febre.

Certa vez, perdeu-se no deserto de Kalahari, vagando dias e noites em busca da saída. A empreitada desastrosa custou-lhe a vida de um filho.

Mais de uma vez, foi dado como morto. Numa delas, em 1872, o jornalista america Henry Stanley partiu em busca e conseguiu localizá-lo no interior da África. Contudo, Livingstone, mesmo doente e debilitado não quis retornar para a civilização.

Sua paixão pelas descobertas parecia ser tão grande quanto o compromisso de anunciar o Evangelho. Livingstone acreditava que, fornecendo ao mundo um levantamento detalhado da áfrica, atrairia até lá os colonizadores que cristianizaram o Continente Negro.

O missionário morreu, aos 60 anos, numa barraca instalada precariamente no meio do charco. Seu corpo foi transportado para sepultamento na Gr-a-Bretanha. Antes, os nativos extraíram-lhe o coração e o enterraram sob uma árvore, em reconhecimento ao homem que ajudou a extinguir o tráfico de escravo de escravos negros.

Alimentando as ovlehas ou divertindo bodes?
Cosmovisão missionária
Crônica do nigeriano que na rua Conde de Sarzedas disse ser missionário evangélico
Igreja Cristã e Missões na Índia na opinião de um evangélico indiano
Inspiração e autoridade da Bíblia
O fogo do pentecoste do tempo dos Atos dos Apóstolos até os dias de hoje
Os cinco dons de Cristo para qualificar você a trabalhar na Igreja

Folha Evangélica, coluna Missões, página 13, fevereiro de 2003.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Arlindo, o evangelista

Mesmo que você consiga subir para muito longe do chão
sozinho, para encontrar-se com Deus, lá no Céu, será
necessário aceitar o auxílio de Jesus, caso quiser ser
recebido pelo Pai celeste.
Por Abraão de Almeida

"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" João 14.6.

Final dos mil novecentos e sessenta. No culto de sábado à noite na Assembleia de Deus da Rua André Manojo 53, em Osasco (São Paulo), Arlindo entregou a sua vida a Jesus, foi salvo e instantaneamente liberto de demônios que o atormentavam e o haviam levado, diversas vezes, aos hospícios da região. Estive presente naquele culto.

A transformação daquele homem foi radical. Rompeu de vez com tudo o que lhe parecia comprometedor. Ao passar por minha residência numa das suas jornadas evangelísticas, ofereci-lhe café, ao que agradeceu e respondeu prontamente: "Jesus me libertou do café". Não me surpreendi com a resposta. Se ele achava que o café exercia algum domínio em sua vida, então ele queria ser totalmente livre.

A chamada

Na Escola Dominical da manhã seguinte, Arlindo foi um dos primeiros a chegar. Pediu folhetos em grande quantidade e saiu a evangelizar, especialmente na zona rural da região oeste de São Paulo. Indo de casa em casa, nada o intimidava, nem mesmo os cães de guarda de fazendas e chácaras.

Naquele tempo eu era funcionário da fundição da Ford Motor do Brasil, em Presidente Altino, Osasco, e surpreendi-me ao ver o irmão Arlindo trabalhando lá. Era grande privilègio conseguir emprego naquela empresa que pagava os melhores salários da região. Como teria ele conseguido trabalhar ali, sendo uma pessoa tão simples, de parcos conhecimentos?

Em todos os mementos disponíveis percebia-se o ardor evangelístico de Arlindo. Irradiando a graça de Deus, ele dava testemunho vivo da sua conversão a todos os colegas.

A provisão

Não muito tempo passou, e Arlindo já não trabalhava mais na companhia. Havia sido aposentado. A companhia examinou o histórico de saúde dele, e ao constarar que ele havia  sido internado diversas vezes com problemas "mentais", de imediato providenciaram a sua aposentadoria com o seu excelente salário integral!

Livre de dificuldades financeiras, ele inicia, então, a nova fase de seu ministério evangelístico, agora de tempo integral. Bíblia na mão e folhetos na pasta, ele passava o dia pregando no Jardim da Luz, em São Paulo.

Como a cidade fechasse esse parque, o evangelista muda-se para a Praça da República, fazendo dali o seu púlpito durante longos anos. Diversas vezes passei por aquela praça e me detive, ao longe, assombrado com o fervor e a sabedoria com que Arlindo comunicava o Evangelho.

O dom de evangelizar desse irmão era tão evidente que o pastor da igreja, ao separá-lo para o diaconato, disse: "Estamos separando esse irmão para o diaconato, mas o dom dele é de evangelista". Prevalecia nessa igreja a tradição, evidentemente sem nenhum apoio bíblico, de que o obreiro tem de ocupar degrau por degrau na sua ascensão ministerial. Uma espécie de hierarquia.

A mensagem

Surpreendia-me a clareza da mensagem pregada por Arlindo. Pelo que era do meu conhecimento ele cursara nenhuma escola teológica nem frequentava a Escola Dominical. E como poderia pregar daquele jeito?

Era eu pregador assíduo no cultos ao ar livre que a igreja realizava, mas aquele irmão havia conseguido algo incrível. Ele encadeava os versículos da Bíblia numa perfeita coerência, de sorte que a mensagem ficava clara e cem por cento bíblica. Eis aqui um exemplo:

"Jesus veio para o que era seu mas os seus não o receberam, àqueles que creem no seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus - filhos nascidos não do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna"

Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não crê no nome do unigênito Filho de Deus. A condenação é esta: A luz veio ao mundo, e o homens amaram mais as trevas do que a luz porque as obras deles eram más. Todo aquele que pratica o mal aborrece a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem vive de acordo com a verdade vem para a luz, a fim de que se veja claramente que as suas obras são feitas em Deus.

Diz a Escritura Sagrada que João Batista viu Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! Jesus é o único que perdoa pecados. Ele disse: 'Eu sou o caminho,a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pau a não ser por mim' ", etc e etc.

Galardão Arlindo conhecia a Bíblia, e esta era a sua mensagem. Era ungido e eloquente, e as pessoas não resistiam ao poder com que pregava. Formavam um grupo atento à sua frente, e muitos atendiam ao apelo, ajoelhando-se no chão batido da praça, e implorando publicamente o perdão de seus pecados.

Numa de minhas idas ao Brasil, soube da realização de culto em ação de graças por mil decisões ocorridas na Praça da Republica. Os convertidos de Arlindo estão espalhados por muitas igrejas da Grande São Paulo.

O abençoado e dinâmico ministéri ode Arlindo continuou por mais alguns anos,até que ele foi chamado pel,o Senhorda Seara ao merecido descanso eterno. Partiu cheio de alegria e carregado de frutos. A ele certamente se aplicam estas palavras:

E.A.G.

Fonte: Mensageiro da Paz, ano 87, número 1580, janeiro de 2017, coluna Em Tempo, Bangu, Rio de Janeiro -RJ (CPAD).
Abraão de Almeida é pastor e autor de várias obras publicadas pela CPAD. .Atualmente ele reside nos Estados Unidos. 

terça-feira, 20 de junho de 2017

Jesus, o libertador do medo

Por N. Laurence Olson

Uma das consequências do primeiro pecado cometido no mundo foi o medo que se apoderou do casal Adão e Eva. Por isso esconderam-se no bosque. O homem da parábola dos Dez Talentos, que recebeu apenas um talento, ao prestar contas a seu Senhor, testificou: "Atemorizado, escondi na terra o teu talento...". E por isso foi condenado como mau e negligente servo e foi-lhe tirado aquele único talento que recebera. Vamos estudar um pouco essa coisa - o medo, e como devemos vencê-lo.

Vamos adiantar que o medo de vencer o medo é ter conhecimento de Deus, por tê-lo como nosso Ajudador.

A Bíblia declara que podemos conhecer a Deus através do ato de fé na pessoa de Cristo ressuscitado. Através do nome de Jesus podemos falar com Deus. Este princípio básico já vem sendo provado na experiência de milhões de cristãos através de dois milênios.

Estas palavras foram registradas para que nunca mais fôssemos atemorizados pelo que o homem possa nos fazer. O homem almeja livrar-se do terror e é justamente isto que Deus nos oferece: libertação do medo, o medo que escraviza tanta gente, medo de pequenas e insignificantes coisas e também medo de coisas sérias. 

Temores

Quanta gente há que vive constantemente assustada pelos barulhos imagináveis que ouvem. De noite não dormem direito, acordam assustadas, pensando que o ladrão esteja escondido no guarda-roupa ou destelhando a cozinha. É pavoroso passar uma existência assim.

Há esposas que em hipótese alguma ficam sozinhas em casa, quando o marido, por qualquer circunstância precisa viajar, por terem medo da solidão. Não estou dizendo que devemos procurar estar sozinhos, mas quando acontece, podemos estar certos de que temos em nossa companhia o melhor e mais chegado dos amigos. Deus é nosso Ajudador nessa hora.

O que também causa muito medo ao ser humano é a macumba, que é um culto dos espíritos. Muitos ouvem vozes que lhes falam constantemente e não lhes dão sossego. Assim, alguns nem podem dormir. As pessoas ficam presas pelo pavor, inspiradas pelos macumbeiros. (...)

Conheço pessoas que de maneira nenhuma entrariam num avião, e mesmo num alto prédio têm medo de subir. Outros sentem pavor durante uma tempestade e escondem-se debaixo da cama como se isso fosse uma proteção, que não é.

Existem senhoras que sentem medo do parto. Por isso, contrariam sua própria natureza e a ordem divina em não permitirem a procriação. Em muitos casos é praticado o aborto criminal. Só porque uma mãe é egoísta, e medrosa quanto ao parto, ela então procura um charlatão e é roubada a vida de um inocente. Como seria se a mãe dessa senhora também pensasse assim e se todas as mulheres fizessem isso? Uma coisa é certa, Deus sabe de tudo. E a mãe que matou seu filho ainda no ventre é tanto homicida quanto qualquer outro criminoso na penitenciária. O medo traz consequências terríveis e convém buscarmos o amor de Deus que lança fora o medo. Conhecemos a Deus e ficamos livres dos temores.

Certa vez, uma mãe procurou seu médico, levando em sua companhia o filho de um ano. Estava grávida. Ao médico ela disse:

- Doutor, quero que me ajude com o meu problema. Este bebê tem apenas um ano e já engravidei outra vez e não quero dois filhos tão perto um do outro. 

O doutor perguntou:

- E o que a senhora quer que eu faça?

- Oh! - disse ela - Dá um jeito qualquer para que eu fique livre da gravidez.

Após uns momentos pensando, ele disse:

- O melhor jeito é matar este que está em seu colo e deixar o outro nascer. Para mim, tanto faz, e para a senhora é mais seguro. A única diferença seria então a idade do sobrevivente. 

Dizendo isso, o médico buscou uma machadinha, sugerindo fortemente essa "solução" ao dilema. A mãe quase desmaiou e bradou:

- Assassino!

Então, o médico disse que o assassino seria ele e ela também, se acabassem com a vida do filho ainda não nascido. Matar a criança no ventre da mãe traria a mesma culpa de matar a criança no colo. Permita Deus, que o medo não leve uma mãe a atentar na vida do seu filho antes de nascer.

Pavor de tudo

Hoje em dia são milhões os que vivem apavorados diante do espectro da guerra termonuclear ou bacteriológica. Todos nós sabemos muito bem que os cientistas dispõem de forças tão tremendas, tão destrutivas, que se não forem controladas, acabarão com todos os seres vivos neste planeta, tanto homens como animais, insetos, plantas e tudo.

O homem de negócios, às vezes, é tentado a sonegar os impostos devidos ao governo. Num outro caso pode ser um jovem que precisa um pouco de coragem para matricular-se numa escola que o faria um homem das profissões. Um outro, precisa de coragem para casar-se com a jovem a quem desonrou. Para servir a Deus é preciso cumprir o dever.

Mas o medo pior de todos é o medo da morte, o desconhecido. O capitão do navio não teria coragem de navegar em águas desconhecidas por ele, se não possuísse as cartas que lhe informam tudo. Outros já navegaram ali e ele também pode viajar tranquilo. Todos nós enfrentamos a travessia da morte. Muitos têm medo da eternidade porque ela representa o desconhecido. Em Provérbios 1.26, Deus diz ao ímpio: "Também eu me rirei na vossa perdição, e zombarei vindo o vosso temor". É o temor da morte, morte como dos ateus. Têm razão em estarem apavorados, pois coisa horrenda é cair nas mãos do Deus vivo.

Alívio

Mas graças a Deus, a Bíblia esclarece que a vigem para a eternidade já foi cartografada. Cristo já esteve dentro da morte, e Ele desvendou seus segredos. Dispersou a escuridão, iluminou os tenebrosos caminhos da eternidade, arrancou as presas da mortalidade. Venceu Satanás, e abriu a estrada para a casa do Pai, onde se abre a porta que conduz às mansões de glória. 

Jesus disse à Marta, irmã de Lázaro, o defunto de Betânia: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá", João 11.25. Devemos igualmente recordar as palavras do apóstolo Paulo, quando esperava ser conduzido ao lugar de martírio (2 Timóteo 4.6-8). Assim, podia expressar-se porque ele vencera o medo da morte. Podia dizer com ousadia: O Senhor é meu ajudador, e não temerei o que me possa fazer o homem", porque Jesus é o libertador do medo.

E.A.G.

Não ao medo

Fonte:
Mensageiro da Paz, edição da 2ª quinzena de 1965, página 5, via republicação no Mensageiro da Paz, ano 68, maio de 1998, coluna Para Ler de Novo, página 1334, Rio de Janeiro-RJ (CPAD).

Necessidades do corpo, da mente e do coração


Disse Jesus: "Sem mim nada podeis fazer" (João 15.15).

O corpo precisa de descanso; a mente precisa de paz; e o coração precisa de Cristo. É preciso fazer escolhas certas para experimentar a felicidade plena: física, psicológica e espiritual.

A felicidade do ponto de vista de Deus
Crônica sobre a oração desesperada de um ateu
Diferentes entendimentos da felicidade e suas consequências
Inspiração divina e autoridade da Bíblia
Passos para a felicidade da mulher moderna
Será que o estilo de vida de Sodoma pode existir no coração de um cristão?
Três pedreiros na praia

E.A.G.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Os navios do rei Salomão


O rei Salomão herdou um reino grande e rico de seu pai, o rei Davi, estendendo-se desde o rio Eufrates, no norte da Baía de Eilat no sul. As boas relações comerciais que o rei Salomão criou com os governantes dos reinos próximos, bem como a grande riqueza que ele acumulou graças a essas políticas de boa vizinhança e graças aos impostos que ele coletou são descritos na Bíblia nos livros 1 Reis e 2 Crônicas.

O desenvolvimento de sua frota no mar vermelho foi descrito, detalhadamente, em 1 Reis (9.27-28): "Mandou Hirão, com aquelas naus, os seus servos, marinheiros, conhecedores do mar, com os servos de Salomão. Chegaram a Ofir e tomaram de lá quatrocentos e vinte talentos de ouro, que trouxeram ao rei Salomão". Hirão era o rei de Tiro, sabia como construir navios e possuía homens que eram marinheiros hábeis, em parceria com o rei Salomão, que governava a região litorânea de Eilat, construíram uma grande quantidade de navios comerciais no Mar Vermelho. Essas embarcações velejaram para Ophir, que ao que parece estava localizado ao longo da costa leste ou oeste do Mar Vermelho, e trouxeram muitas cargas de tesouros e produtos exóticas.

Deslocamento semelhante é relatado em fontes egípcias que datam de 500 anos antes, durante o reinado da rainha Hatshepsut (esposa do faraó Tutmés II). Navios egípcios rumaram para o sul, até a Terra de Punt, que, aparentemente, localizava-se no lado leste da África. Os restos de murais nas paredes do templo mortuário de Hatsheput em Deir el-Bahari apresentam bens exóticos que foram trazidos para o Egito naquele tempo da mesma terra distante e contribuem para a interpretação das descrições bíblicas.

Além de ouro e prata, também foram trazidos ao rei Salomão "marfim, macacos e pavões" (1 Reis 10.22). Os murais egípcios mostram que os primatas eram da espécie babuíno.

A Bíblia também chama a atenção do leitor ao fato de que foram trazidas de Ofir uma enorme quantidade de madeira de sândalo e pedras preciosas (1 Reis 10.11). Estudiosos e pesquisadores modernos expressam opiniões distintas sobre a natureza da "madeira de sândalo" ("almug", na tradução ARC). Alguns afirmam que eram feixes de madeira especiais usados ​​para construção; outros pensam que eram mudas de árvores aromáticas exóticas, e uma terceira opinião é que eles eram um tipo de coral excepcional.

Com base nas várias interpretações, uma equipe de designer de selos elaborou desenhos retratando uma pilha de tesouros que foram descarregados no cais de Ezion-Geber, que atualmente é conhecida como Cidade de Eilat. Estes tesouros foram enviados ao palácio do rei Salomão em Jerusalém e utilizado na construção do Templo e do palácio. Graças às viagens a Ophir, realizadas a cada três anos, "o rei Salomão excedeu a todos os reis do mundo, tanto em riqueza como em sabedoria" (1 Reis 10.23, 24, 27).
______

Nota Belverede: 

Ofir é listado em Gênesis 10.29 e em 1 Crônicas 1.23 como descendente de Sem, que por sua vez é da linhagem de Noé; seu pai  foi Joctã. Possivelmente foi o primeiro habitante da tribo ou cidade de Ofir, a região que ficou famosa por suas reservas de ouro (2 Crônicas 8.18; Jó 28.16; Salmos 45.9), madeira de junípero e pedras preciosas (1 Reis 10.11), além de prata, marfim, macacos e babuínos (10.22).

Ofir é local de onde, não apenas Salomão, mas também o rei Davi, obteve ouro e outras mercadorias de valor (1 Reis 9.28; 10.11; 22.49; 1 Crônicas 29.4; 2 Crônicas 8.18; 9.10; Isaías 13.12).

Sobre a localização desta região geográfica, há especulações de que essa região era encontrada no sudeste ou sudoeste da Arábia, ou na parte nordeste da África. Se Ofir estava localizada na Arábia, deve ter sido um centro comercial, que recebia mercadorias do distante Oriente e do leste da África. Todavia, o tempo de viagem dos navios mercantes de Salomão, que era de três anos, sugere uma localização mais distante que a costa árabe. Além disso, os conteúdos das cargas trazidas de Ofir (marfim, macacos, pavões - particularmente as aves), faz com que alguns acreditem que a origem delas era a Índia.

A prosperidade de Salomão e a sabedoria do cristão
A verdadeira sabedoria se manifesta na prática
Inspiração divina e a autoridade da Bíblia
Inteligência + sabedoria = sucesso
Sabedoria divina para a tomada de decisões
Sábios, tolos e os absurdamente tolos, diante de precipícios
O discurso inteligente de Magno Malta em defesa do juiz Sérgio Moro

E.A.G.

Fonte:
Bíblia de Estudo Arqueológica NVI, página 498, 3ª reimpressão 2014, Liberdade, São Paulo-SP (Editora Vida).
Israel Philaletic Federation - israelphilately.org . il/en/catalog/ articles/ 2139/Kings%20Solomon's%20Ships%2013112016 
Quem é quem na Bíblia - A história de Todas as Personagens da Bíblia, editado por Paul Gardner, 19ª reimpressão, 2015, páginas 495, 496, São Paulo - SP (Editora Vida). 

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

Assuntos abordados em Belverede / clique sobre a palavra para acessar os artigos sobre o tema

.Vida Cristã .Artigo e Comentário .cosmovisão .Comportamento .Televisão .Devocional .Vídeo .CPAD .Política .Líderes e liderados .Blogosfera Evangélica .Lições Bíblicas .Pais e Filhos .Atualidade .Família .Louvores .Charge Tirinha Cartum e Gravura .Motivacional .Fé .Casamento .Dinheiro .Apologia Bíblica .Fruto do Espírito X Carne .Mulher .Sexualidade .Crente Politizado .Música .Silas Malafaia Pr .CGADB .Frases & Imagens Impactantes .Etimologia Bíblica .Saúde .Prosperidade .Profetas .Hermenêutica .Meio Ambiente e Sustentabilidade .Bom humor .Jovens .Livros e Leitores .redes sociais .Ateísmo e Agnosticismo x Fé .Conceitos e Preconceitos .Dupla Cidadania .Você sabia? .Cinema .neopentecostais .Personagens da Bíblia .Salmos .Antigo Testamento .Esporte .Grupo de Colaboradores em Belverede .José Wellington Bezerra da Costa - Pr .Dica de Blogueiro .Verdades e Mentiras .Introspecção .Natal .Soteriologia .Marco Feliciano Pr .Sociedade Bíblica no Brasil .Cosmovisão Cristã .Pérolas .Aborto .Ecologia .Escatologia Bíblica .Internet .Comunicado .Novo Testamento .óbito .pentecostalismo .Samuel Câmara-Pr .Gif .Teologia .Ana Paula Valadão Bessa .UBE .[Fotos Belverede] .Missões .Questões (des)complicadas .Facebook .RR Soares .animal doméstico .Belverede .Daladier Lima .Carlos Roberto Silva Pr:: Blog Point Rhema .Crônicas e fábulas .Namoro .Pneumatologia - A Doutrina do Espírito .Provérbios de Salomão .Fanatismo .Quem sou eu? .Aline Barros .Diante do Trono .Dízimos e ofertas .Poema e Poesia .Bíblia de Estudo .João Cruzue .Billy Graham .Catolicismo .Sermão do Monte .Virtualidade Real e Realidade Virtual .Editora Vida .Educação .Nani Azevedo .Política Brasileira .Páscoa .Gênesis .Guerra e Paz .Mulheres na Bíblia .Hamartilogia - A doutrina do pecado .Julio Severo .Sociedade Bíblica Trinitaria do Brasil .Jeremias .Nova Tradução na Linguagem de Hoje .Postagem Factual .Valmir Nascimento Milomen-Pb .Carta de Tiago .Geremias do Couto-Pr .Lília Paz .Virada de Ano .Crianças .Fotos - Templos Evangélicos .Homilética .Randy Glasbergen .Sammis Reachers .Altair Germano - Pr .Bem aventurança .Dia das Mães .animal selvagem .rádio .André Valadão .Angeologia .Arlete Oliveira .Arqueologia Bíblica .Carnaval .Livros da Bíblia .Mensageiro da Paz .Nova Versão Internacional .Opinião .Patmos Music .Banda Voz da Verdade .Editora Central Gospel .Geografia Bíblica .Priscila B Gomes .Rachel Sheherazade .Wilma Rejane .YouTube .Dia dos Namorados .Eclesiologia .Thalles Roberto EBD / sumário .Cassiane .Editora Vida Nova .Islamismo .Prêmio Carta de Paulo aos Filipenses .Editora Mundo Cristão .Ezequias Soares-Pr. .Jabes de Alencar - Pr. .LUCAS - O Evangelho escrito por Lucas .Magno Malta .Pesquisa .Primavera Smilinguido .Dia dos Pais .Exegese .Martinho Lutero .Cartas do Apocalípse .Cristologia .Dia das Crianças .animal aquático .pássaros na Bíblia .Barack Obama .Botânica .Charles Darwin .Editora Betânia .Fotos .Gutierres Siqueira .Insetos .Max Lucado .Shirley Carvalhaes .grafite X criacionismo versus darwinismo .A Bíblia Viva .Arminianismo .CONAMAD .Calvinismo .Ciclo das quatro estações .Eyshila .Fernanda Brum .Harpa Cristã .Jaime Kemp - missionário .Livro de Daniel .Lydia Moisés .Tania Guahyba .Twitter .Árvores da Bíblia .Donald Zolan .Marisa Lobo Charles Haddon Spurgeon .Abraão de Almeida-Pr. .Dia Internacional das Mulheres .Dia da Bíblia .Edições Vida Nova .Futebol .Josué Gonçalves - Pr. .Livro de Jeremias .Montes da Bíblia .Neiva Silva .Outono .Paulo César Baruk .Reinaldo Azevedo .Soraya Moraes .Verão .Walter Brunelli - Pr. .teatro .Abba Press .Bruna Karla .Carla Ribas .Dia de Finados .Esdras Costa Bentho-Pr .Evangelho de Mateus .Instagram .Inverno .Livro de Jó .Michael W. Smith .Oficina G3 .Oprah Winfrey .Política Internacional .Regis Danese .Silas Daniel - Pr .Valdomiro Santiago - Apóstolo .Vanderleia M. Silva Yosef Nadarkhani .Albert Einstein .Antonio Gilberto - Pr .Claudionor de Andrade - pastor .Cristina Mel .Dia da Mentira .Editora Chamada da Meia-Noite .Flamir Ambrosio .Gediel Mendes .Gunnar Vingren .Jorge Tadeu Mudalen .João Ferreira de Almeida .Lauriete .Lázaro (ex-Olodum) .Morris Cerullo .Slide . A. W. Tozer . Pregador Luo . Silmar Coelho - pastor .Adhemar Campos .August Rodin .Bom dia .CPAD Music .Carta aos Romanos .Davi - rei .Dia Nacional da Consciência Negra .Elaine de Jesus .Hillsong .John Piper .Lea Wasiliew .Livro de Êxodo .Livro do Apocalipse .Lucilene Batista de Brito Shirota .Nito [Rubens Eduardo] .Nova Bíblia Viva .Quarteto Harmonia Celeste .Retrospectiva 2017 .Rose Nascimento .Superstições e Lendas Urbanas .Timidez e Ousadia .orai por Israel .publicidade WhatsApp .Alan Kardec .Amizade .Apocalípse 16 .Bete Gomes .Canon .Carta aos Efésios .Casamento em jugo desigual .Central Gospel Music .Daniel Berg .Danielle Cristina .David Quinlan .Dia do Trabalho .Editora Hagnos .Eduardo Cunha .Elinaldo Renovato - pastor .Enéas Tognini - Pr. .Genivaldo Tavares de Melo .Gesiel Gomes - Pr. .Google .Hernades Dias Lopes .João Alexandre .Livro de Isaías .Livro de Rute .Lourival de Almeida - Pr .MK Music .Marcelo Santos .Martin Luther King .Pedofilia .Pena de Morte .Ray Comfort .Robinson Monteiro .Russel P. Shedd .Sergio Moro .Third Day .Tim Laheye .Voltaire .Watchman Nee 1 Coríntios Botânica Damares . Stephanie Colbert- vocalista Starship .2 Carta de Pedro .2 Coríntios- Carta de Paulo .A Mensagem .Adolf Hitler .Alda Célia .Andrea Fontes .Anita Malfatti .Aves na Bíblia .BLOG .Banda Catedral .CIMEB .CPAD News .Carta aos Gálatas .Cintia Kaneshigue .Deltan Dallagnol .Dia do Professor .Donald Trump .Downloads .Dwight L. Moody .Eber Cocareli - Pr .Editora Betel .Editora Candeias .Editora United Press .Edna Goetten .Escola Dominical .Evangelho de João .Fecomex .Feliciano Amaral .Google Plus (G+) .Heber Sousa - pastor .História Mundial .Isaac Newton .Içami Tiba .Jairo Elin Gollmann-Ev .John Wesley .Jonas .Jorge Araujo .Katie Bivens .Katsbarnea .Kelem Gaspar - Missionária .Link Quebrado .Literatura .Livro de Amós .Livro de Juízes .Livro de Malaquias .Livro de Miquéias .Lázaro de Betânia .Marcelo Crivella .Orquestra Jahn Sorheim .Ozeias de Paula .Paulo Romeiro-Pr .Quatro por Um .Raabe .Raquel Melo .Robson Silva .Ronaldo Bezerra .Salomão - rei .Sociedade Bíblica Internacional .Sonia Hernades - bispa .Talita Pagliarin .Tradução King James Atualizada (KJA) .Victorino Silva .folhetos evangelísticos Esequias Soares pastor Graça Music Juliana Bezerra Gomes Nésia de Araujo Gomes William Brassey Hole . .Introspecção . C. S. Lewis .1 Carta de Pedro .1 Coríntios- Carta de Paulo .1 Timóteo .A Nova Bíblia Viva .Adilson Lopes .Anderson Freire .Antonio Luiz Sellar- pastor .Antropologia Bíblica.Conceitos e Preconceitos .Antônio Cirilo .Ao Cubo .Arautos do Rei .Bezerra da Silva .Bill Gates .Boa noite .Boa tarde .Brenda-Santos .Bruna Olly .Bruna Surfistinha .C.I. Scofield .CPOL - Curso Preparatório para Obreiros de Pirituba .Cantares de Salomão .Caramuru Afonso .Carlos Alberto Bezerra Jr .Carta de Paulo aos Colossenses .Charles C. Ryrie .Charles Studd .Claudio Duarte - pastor .Cleber Lucas .Comunidade Internacional da Zona Sul .Contos .Cristiano Santana .Curiosidades bíblicas .Danny Berrios .Dany Grace .Deigma Marques .Discopraise .E-books .EBI .Editora Atos .Editora Bom Pastor .Editora Cultura Cristã .Editora Dynamus .Editora SEPAL .Editora Sextante .Eduardo Campos .Elienai Cabral - pastor .Eliseu - profeta .Estevan Hernandes - Apóstolo .Estevão - o primeiro mártir .Evangelho de Marcos .ExpoCristã. .Fatos Curiosos - internacional .Fernandinho .Ficção Evangélica .Filho do Homem .Flamarion Rolando .Frederick K.C.Price .Geisa Iwamoto .George R. Foster .Graça Editorial .Grupo Elo .Gutemberg - Johannes .Hebraico .Hieronymus Bock .Homenagem .Hulda .Igreja Evangélica Indiana .Il Divo .Imprensa Bíblica Brasileira .Instituto Cristão de Pesquisa - ICP .Jair Messias Bolsonaro .Jamily .Jeanne Mascarenhas .Jimmy Swaggart .John Bevere .John Bunyan .John Lennon .Josias Botelho .José Wellington Bezerra da Costa Junior - pastor .José Wellington Costa Neto - pastor .José do Egito .José esposo de Maria .Kathy Fincher .Kleber Lucas .Leandro Marques .Lidia Caetano de Sousa - missionária .Livro de Deuteronômio .Livro de Eclesiastes .Livro de Habacuque .Livro de Joel .Livro de Josué .Livro de Números .Livro de Oséias .Lições Bíblicas - Jovens .Ludmila Ferber .Lívia Malta .Magno Paganelli .Manuel Ferreira - Bispo .Marcio Melânia .Maria - mãe de Jesus .Maria de Betânia .Mariana Valadão .Marina Silva .Mario Teixeira .Marquinhos Gomes .Marta de Betânia .Michelangelo .Mike Smith .Ministério Hebrom .Ministério de Adoração .Missões na Índia .N. Laurence Olson .Neemias .Nobel .Notícia comentada .O Livro de Ageu .Oração .Os presidenciáveis para 2018 no Brasil .Paul Wilbur .Quarteto Gileade .Rachel Novaes .Rebanhão .Recursos .Ressurreição .Rob Bell .Rodolfo Abrantes .Ron Kenoly .Saudade .Snezhana Soosh .Sociedade Bíblica Íbero-Americana .Sofonias .Sony Music .T.A. Hegre .Templo Soul .Vineyard .Voices .Walciley Vieira .William Shakespeare .Wim Malgo .áudio Alberto Rezende - pastor Elizeu Martins - pastor jovem saúde

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Sobre ilustrações no Belverede

O Direito Autoral de algumas imagens encontradas aqui não pertence ao Editor do blog. Esta situação se dá porque elas estão na Internet sem que haja a informação de quem seja o Dono.

Caso você seja o detentor do conteúdo, queira que seja feita a indicação autoral, ou não seja de sua vontade o compartilhamento, solicitamos que nos faça saber disto. Por favor, acesse a página do próprio texto e deixe recado no próprio texto em questão, ou use a página Contato.

Arquivo de postagens

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.